10 Dicas sobre Merchandising e Exposição de Produtos no PDV

  1. Lembre-se que o PDV é um ponto de relacionamento fundamental com o shopper, e um local para se criar uma conexão emocional e sensorial, proporcionando experiência e estimulando os seus sentidos.
  2. Valorize seu produto para o shopper com um conjunto de ações de merchandising que proporcionem informações e uma melhor visibilidade de sua marca, impactando, motivando e influenciando suas decisões de compra.
  3. Produto adequado, na quantidade adequada, no momento certo, com uma apresentação visual impactante e uma exposição de destaque. Isso é um bom merchandising.
  4. Utilize técnicas e materiais de merchandising para criar impulsos de compra no consumidor e tornar sua operação mais rentável no PDV.
  5. Diferentes momentos de consumo exigem diferentes soluções de merchandising e exposição de marca.
  6. Utilize a criatividade, a tecnologia e a comunicação visual no ponto de venda para despertar o interesse do cliente e leva-lo a uma efetiva decisão de compra.
  7. Conquistar áreas de maior destaque nos PDV´s não necessariamente é igual a ter maior share de gôndola, apesar de ambas serem estratégias para se alcançar vantagem perante a concorrência.
  8. Produtos perecíveis com giro mais lento devem considerar o share de gôndola ideal sem perder de vista os seus prazos de validade.
  9. O planograma – desenho gráfico que orienta o posicionamento de produtos no PDV – é importante para que sua marca siga determinados padrões de exposição, conquistando visualmente o consumidor. Sua implantação deve ser alinhada entre a indústria e o varejista.
  10. A disponibilidade e a exposição adequada de produtos no PDV é apenas uma pequena parte do trabalho. Promoções, embalagens atrativas, cross-merchandising e outras ferramentas de trade marketing são imperativos para o seu sucesso de sua marca.